Quinta, 17 Outubro 2019

Notícias de Ibiúna

GRIPE OU DENGUE ? CONHEÇA AS DIFERENÇAS

Gripe ou dengue? segundo a revista Saúde ( https://saude.abril.com.br/medicina), os sintomas das duas doenças se confundem – febre, náuseas e dores no corpo.

Neste ano de 2019, houve aumento substancial no aumento do número de infecções por dengue – até junho, foram registrados quase 600 mil casos e registradas 366 mortes, de acordo com o Ministério da Saúde – e ainda mais de um milhão de episódios estão sendo investigados.

Segundo a revista, o início dos sintomas é parecido – febre, mal-estar, enjoo, dores de cabeça e no corpo – e essa semelhança atrapalha o diagnóstico. Comumente, nos primeiros dias o quadro é diagnosticado como virose, termo genérico e as diferenças só ficam claras com a evolução da doença.

Após os primeiros dias, a gripe causa febre mais alta e surgem sintomas respiratórios, como tosse, dor no peito e dificuldade para respirar.

A dengue prova dores nas articulações, problemas gastrointestinais, inchaço, erupções e coceira na pele. O pior é a queda do nível de plaquetas no sangue, o que leva aos sangramentos, que caracterizam a versão mais grave da dengue.

Para evitar confusão, o médico normalmente investiga solicitando exames laboratoriais, diferentes conforme cada doença; o teste detector do vírus da gripe é rápido e o da dengue exige análise mais complexa do sangue.

O PORQUE DO AUMENTO DA DENGUE.

 De acordo com a dra. Kelem Chagas, imunologista e gerente médica da farmacêutica Sanofi Pasteur, “em 2019 tivemos um início um pouco tardio da epidemia de dengue e nosso sinverno está bastante quente. Fora isso, os dados mostram que há mais de um tipo de vírus da dengue em circulação, o que ajuda a estender um pouco o período de surto”.

Estudos recentes da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) mostram que o Aedes aegypti, transmissor da doença, está mais resistente a inseticidas. Investigação realizada em 146 cidades brasileiras mostrou que as larvas e os insetos adultos do mosquito estão menos suscetíveis aos venenos aplicados pela Prefeitura.

Na dúvida, não hesite: procure a unidade médica mais perto.

Fique por dentro do que acontece em COTIA, BARUERI, ITAPEVI, IBIÚNA, VARGEM GRANDE PAULISTA E NO BRASIL.

Siga-nos!